segunda-feira, 19 de novembro de 2012

"Ishinomori Mangakan Museum" é reaberto após um ano e oito meses fechado!

Museu dedicado ao Mestre Shotaro Ishinomori reabre com a ilustre presença de grandes heróis, fruto da criação do Mestre!
Um ano e oito meses após ter sido fechado em razão de ter sofrido danos sérios causados pelos diversos terremotos provenientes do Tsunami que devastou boa parte do nordeste japonês, o Museu do grandioso Shotaro Ishinomori finalmente foi reaberto no último sábado (17), na cidade de Ishinomaki, em Miyagi. O Museu em homenagem ao um dos maiores mangakás do Japão, Shotaro Ishinomori, foi erguido em 2001, o espaço reúne um acervo glorioso das obras do mestre Ishinomori. Quando foi fechado após ter sido gravemente danificado por causa do Tsunami de março de 2011, os japoneses que tanto se orgulhavam de suas obras por ter feito parte da infância de muitos que hoje já são adultos foram ágeis e ainda conseguiram salvar cerda de 90 mil peças artísticas, podemos dizer que os danos irreparáveis foram de certa forma amenizados por essa proeza, pois em meio a dimensão da destruição e eles ainda conseguirem salvar um número tão elevado de peças é um feito para se orgulhar e comemorar, sem dúvidas. Pois vale lembrar que o lugar acabou sendo atingido por um córrego lamacento que atingiu cerca de 5 metros de altura, o que levou a inundar o local até praticamente o teto do 1º andar, isso resultou na destruição completa do equipamento elétrico. Mas, a reconstrução só foi possível graças ao trabalho voluntário de mais de mil pessoas, e mesmo vendo que um número significativo de suas pinturas tinham sido destruídas, os funcionários do museu precisavam acreditar que seria possível restaurar o espaço e voltar a expor o que eles conseguiram salvar, todos precisavam estar juntos mais uma vez. Pois foi isso que aconteceu, em julho deste ano deram início ao trabalho de restauração do Ishinomori Mangakan Museum. O símbolo de orgulho estaria de volta ao seu resplendor!


O Ishinomori Mangakan Museum [石ノ森萬画館]é o maior museu de mangá no Japão com obras do falecido Shotaro Ishinomori, um artista de mangá famoso por "Cyborg 009" e "Kamen Rider". Inaugurado em 2001, este local que oferece informações sobre mangá e culturas regionais (do Japão) visa servir como base para intercâmbio internacional. O museu é um edifício esférico que recria a imagem de uma Nave Espacial futurista. Sem dúvidas é um símbolo de grande orgulho para seu povo. A estrada que leva até o museu foi estrategicamente decorada com estátuas de personagens eternizados por meio das histórias de Ishinomori. O evento de reabertura foi marcado pela presença da imprensa e dos fiéis seguidores de sua obra. Acompanhe a notícia divulgada pelo canal japonês, TV ASAHI:


Grandioso, não é mesmo? Certamente, não palavra que seja capaz de expressar a nossa admiração que um povo que aprende e cresce cada vez mais nos momentos de adversidades. Incrível mesmo, ainda mais quando você ver como o lugar estava após o Tsunami e como ficou após a sua restauração. Para vocês terem tal noção assista ao comercial de TV que apresenta o cantor japonês Takuya Kimura (membro do grupo SMAP) e Takeshi Kitano (um diretor japonês que começou a carreira como ator e comediante) visitando o local após o evento de março de 2011 que resultou na grave danificação do local.


E assim podemos dizer que esta "restauração" não foi apenas uma reorganização física de um ambiente, mas sim a capacidade única de sobreviver e dar um novo significado ao esplendor de um povo. Preciso dizer que o povo japonês é grandiosamente resiliente? Penso que não! Isso é algo mais do que comprovado!

O filme “Kamen Rider × Kamen Rider Wizard & Fourze: Movie Wars ULTIMATUM”  fará uma homenagem a Ishinomori fazendo referências a outros personagens criados pelo "Pai" dos Kamen Riders.
Vale lembrar que mais uma vez a Toei prestará mais uma homenagem merecida ao "Pai" de boa parte dos heróis japoneses no filme “Kamen Rider × Kamen Rider Wizard & Fourze: Movie Wars ULTIMATUM” que estreará nos cinemas em 08 de dezembro deste ano.

Página Seguinte » « Página Anterior Página inicial

3 comentários:

  1. Olha, isso é muito legal e curioso. O mundo que o Ishinomori criou... meu Deus!! Juntando com a tecnologia "monstro" que o Japão tem, o respeito às tradições, esse museu deve ser um paraíso.
    E o Takeshi Kitano, que você citou, é um nome muito importante no entretenimento japonês. Tenho um amigo de lá, o Akio, uma vez ele me contou que o Kitano tinha um programa de humor/ jornalismo muito influente, tipo um CQC japonês, rs! Diretor de cinema, Kitano também fez um filme de arte que eu adoro, o Dolls (apesar de eu ser enjoado pra arte crua, mesmo assim acho Dolls fantástico).
    E vejo esse museu também como mais um exemplo de superação do povo japonês. Lá, mesmo um local de entretenimento é reerguido, tratado como prioritário, enquanto no Brasil, mesmo com nossa contribuição em impostos, ainda temos muita obra vital agonizando, infelizmente. :(
    Abraços- Goggle Red.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, amigo Goggle Red... compararmos nosso país ao Japão chega a ser vergonhoso, pois estamos muito distante do patamar atingido pela nação japonesa! Infelizmente... contudo, fico muito feliz por eles! ;)

      Excluir

Deixe seu comentário! Sua opinião é muito importante! Compartilhe conosco suas ideias! O Blog Tatisatsu agradece...